Menu fechado

Qual é o rendimento mensal do PicPay para R$ 100, R$ 1.000 e R$ 10.000?

Com o surgimento e a popularização dos bancos digitais, muitas pessoas passaram a ver nesse tipo de produto uma alternativa para aplicar seu dinheiro e, ao final de um determinado período conseguir multiplicar seu dinheiro, em uma espécie de investimento, mas de forma mais simples do que as opções tradicionais.

Um dos bancos digitais que tem atraído cada vez mais pessoas interessadas em aumentar seus ganhos é o PicPay.

A startup vem ganhando cada vez mais adeptos graças aos serviços oferecidos, como a possibilidade de ter uma conta digital sem o pagamento de taxas, realizar o pagamento de boletos, receber transferências de outras pessoas e, ainda, poder investir parte de seu dinheiro e ser remunerado por isso.

Você é uma dessas pessoas? Quer saber um pouco mais sobre como investir no PicPay e, principalmente, quanto lucrar com uma determinada quantia aplicada ali? Confira no texto que preparamos abaixo.

Atrativos do PicPay

Com essas características, o PicPay tem se tornado uma alternativa bastante interessante para quem quer começar um investimento, mas não da forma tradicional.

Um exemplo disso é a carteira digital da startup. Para aqueles que decidem aplicar ali, a rentabilidade oferecida é de 130% do CDI, o que pode ser interessante, considerando a alta da taxa básica de juros, a Selic, que pode tornar alguns investimentos menos interessante.

Contudo, é preciso ficar atento antes de decidir fazer um investimento no PicPay, pois o montante não é segurado pelo FGC, o Fundo Garantidor de Crédito. Mas, calma, quem investe no PicPay não fica completamente desprotegido. Os recursos ali estão segurados por Títulos Públicos Federais.

Neste caso, os recursos de quem aplica ficam separados do patrimônio da startup. O que isso significa? Que se o PicPay falir, o consumidor não verá seu dinheiro ir embora, recebido por credores do banco.

Como investir no PicPay

O PicPay tem atraído muitas pessoas que estão em busca de um investimento pela facilidade com que as aplicações são feitas. Tanto que qualquer pessoa pode fazer. Até mesmo aquelas que não tem muita prática ou conhecimento sobre isso.

Para investir no PicPay basta abrir uma conta na startup e depositar qualquer quantia nela. Esse, aliás, é o momento em que o dinheiro dos clientes começa a “crescer”.

Isso porque uma conta no PicPay funciona como uma poupança, oferecendo uma rentabilidade de 130% do CDI. Esse rendimento varia de acordo com a evolução da Selic.

Outro ponto interessante é que o dinheiro aplicado em uma conta do PicPay, assim como em uma poupança, pode ser sacado a qualquer momento, com liquidez diária. Aliás, graças à sua rentabilidade, aplicar dinheiro em uma conta do PicPay pode ser mais rentável do que investir na poupança.

Qual a rentabilidade do PicPay ao investir R$ 100, R$ 1.000 e R$ 10.000 por mês

Agora que você sabe como funciona o investimento no PicPay, deve estar se perguntando: afinal, quanto rende as aplicações ali? Certo? Para ajudar a responder essa pergunta, separamos alguns exemplos.

Quem investe R$ 100 no PicPay por mês, ao final de um ano terá um retorno de R$ 4,40, totalizando R$ 104,40. Se o seu investimento foi de R$ 1 mil por mês, o rendimento será de R$ 44, totalizando R$ 1.044 ao final de um ano. Já para um investimento de R$ 10 mil, com rendimento de R$ 440, o saque final será de R$ 10.440.

Claro, isso é apenas uma simulação. Você pode ganhar muito mais fazendo aportes frequentemente.

Publicado em:Credito Financeiro,Informações Gerais,Investimentos

Artigos relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *